Fundação Escola Politécnica da Bahia

Administração

A administração da FEP é exercida pela conjunção harmônica dos Conselhos Curador, Diretor e Fiscal, cabendo ao primeiro, órgão colegiado máximo da administração, zelar pelo patrimônio tangível e intangível da instituição, garantindo a sua sustentabilidade e perenidade.

Os três órgãos, portanto, exercendo funções previstas no Estatuto, respondem solidariamente pela governabilidade corporativa da FEP, tendo como princípios básicos:

  • Transparência, disponibilizando espontaneamente aos interessados informações sobre processos decisórios, ações, inações e resultados;
  • Equidade ou tratamento justo e igualitário a todas as partes interessadas;
  • Prestação de contas, respondendo por decisões e atos, resultados (accountability); e
  • Responsabilidade corporativa perante a sociedade em geral.

CONSELHO CURADOR
Cabe ao Conselho Curador liderar o desenvolvimento da FEP com eficiência, para cumprir sua missão com probidade, garantir a segurança na sua gestão com responsabilidade, tendo real noção da sua importância na sociedade e com transparência.
O Conselho Curador é composto por 10 professores da Escola Politécnica, 5 (cinco) representantes da sociedade civil organizada, interessadas no desenvolvimento das engenharias, e (1) um representante do corpo discente da Escola, escolhido entre os nomes indicados pelos Diretórios Acadêmicos.

CONSELHO FISCAL
O Conselho Fiscal é o principal responsável pela fiscalização dos atos da administração e cumprimento das regras, deveres legais e estatutários. Verifica e analisa a gestão econômico-financeira, atuando como parte integrante do sistema de controle interno da Fundação. Aprecia e opina sobre os relatórios financeiros, balanços anuais e relatórios dos auditores. Entre suas principais atribuições, inclui-se fiscalizar os atos do Conselho Diretor.

CONSELHO DIRETOR
O Conselho Diretor, o órgão de execução da FEP, responde pela implementação das ações necessárias ao cumprimento das políticas e diretrizes estabelecidas pelo Conselho Curador, cabendo a ambos a responsabilidade de estabelecer o Plano de Organização da Fundação. Seus membros são escolhidos pelo Conselho Curador dentre os professores lotados na Escola Politécnica.